A Origem dos Terrários

Descubra como os Terrários sempre estiveram relacionados ao bem estar e como resgatar essa qualidade tão especial e valorizar sua vida.

Você pode ouvir e ler ao lado...

...ou ler em silêncio, abaixo :)


Role a página para ler, ou aperte o play para ouvir :)

Se hoje nós fazemos jardins em vidros de conserva e garrafas, devemos isso a um médico muito especial...

Pois é, pouca gente diz, porque pouca gente sabe…


... mas os terrários tem ligação com a promoção da saúde desde sua origem!


Não á algo para se estar atenta?


E aqui na Peperômia a gente faz exatamente isso: usa a beleza, a diversão e o desafio dos terrários para promover de uma forma simples, mas nada superficial, a saúde do corpo e da mente.


Vou ser sincera: na verdade a gente se aprofunda despertando potenciais humanos que estão adormecidos em você


...e a gente faz isso tocando nosso eu mais profundo... e que, ao mesmo tempo, é uma forma tão simples que qualquer pessoa pode fazer.


Mas a gente não vai se aprofundar nisso agora, logo de primeira…

Porque, antes, vamos sanar essa curiosidade de todas nós…


De onde vem o terrário?

Qual a importância que ele já teve no mundo?

Qual a importância que ele tem hoje na nossa vida?



Primeiro, vamos nos teletransportar para o século XIX...

Você vai concordar comigo que no início do século XIX as consultas médicas e os tratamentos eram bem diferentes dos nossos. Não é?


Se hoje a indústria farmacêutica lucra com a substituição dos princípios ativos das plantas, repostos por composições sintéticas patenteadas (nem sempre eficazes na manutenção da saúde, mas isso também é uma conversa para outra hora)...


...Lá em mil oitocentos e pouco, os tratamentos eram todos feitos com ervas, com os princípios ativos da Natureza.


E lá existia esse rapaz, que resolveu seguir a profissão do pai...


Seu nome era Nathaniel B. Ward. Ele era médico.


Mas não só isso…


...Como você e eu: ele era apaixonado pela Natureza.


Então, além de médico, ele também cultivava as plantas para pesquisá-las e usá-las em seus tratamentos.


Dizem que se apaixonou pelas plantas quando tinha 13 anos e saiu de Londres para viver por um tempo na Jamaica, por ordem do pai… mas ninguém sabe confirmar se isso é verdade.


O que se sabe é que em Londres, com o ar altamente poluído pela queima do carvão, que era a fonte de energia na época, muitas das plantas do Nathaniel eram intoxicadas por essa poluição no ar e não se desenvolviam.


(imagina como eram os pulmões das pessoas!)


Na continuação desta série, vou contar pra você como ele descobriu uma forma de cultivar uma samambaia que não se desenvolvia de forma nenhuma nesse ar poluído de Londres…

...como surgiram os terrários...

...e o que o amor do Nathaniel pelo estudo dos insetos tem a ver com isso.


Então use o botão aqui embaixo para continuar esta história :)


Um abraço verde iluminado!


Bora plantar Luz?

Guia Gratuito

CHECKLIST
PARA FAZER TERRÁRIOS

Receba GRATUITAMENTE o checklist para fazer terrários através da JARDINAGEM AFETIVA

Quer ler a próxima parte da história?